18 de dezembro de 2014

Placas do trecho a ser inaugurado aparecem quebradas

Sebastião Laranjeiras vai receber pela segunda vez em sua história, a visita de um governador do estado da Bahia e desta vez, prestes a entregar seu mandato, o Governador Jaques Wagner vem inaugurar a obra mais esperada e comemorada pelos cidadãos sebastianenses.
Porém, para a indignação de muitas pessoas, algumas placas apareceram quebradas e arrancadas, no que aparentemente foi um ataque de vandalismo.
Não há informações sobre a autoria do ato.




7 de dezembro de 2014

Operação integrada apreende 870 animais silvestres; nove foram presos

Operação integrada de combate ao tráfico resgatou 870 animais (Foto: Divulgação/PRF)

Segundo a PRF, ações ocorreram entre 24 de novembro e 4 de dezembro.
Animais serão reintegrados à natureza; operação ocorreu em 14 cidades.

Cerca de 870 animais silvestres foram resgatados pela operação integrada de combate ao tráfico de animais e reabilitação da fauna silvestre coordenada pelo Ministério Público da Bahia, entre os dias 24 de novembro e 4 de dezembro. Nove pessoas foram presas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF),  sendo cinco delas por crimes ambientais, como manter animais silvestres ilegalmente em cativeiro e dificultar a fiscalização dos órgãos ambientais. As informações foram divulgadas pela PRF nesta sexta-feira (5).
Diversos órgãos estaduais e federais participaram da operação, entre os quais a PRF, Adab, CREA/BA, Funasa, Ibama, Inema, MPF, MPT, Sefaz, Seagri, Sema, CIPPA, e integrantes da ECO – ONG, sediada em Pernambuco mas que atua na região do Raso da Catarina, na região de Paulo Afonso, na região norte do estado.
A operação desenvolveu ações nos municípios de Mortugaba, Matina, Jacaraci, Urandi, Pindaí, Sebastião Laranjeiras, Candiba, Guanambi, Palmas de Monte Alto, Caetité, Igaporã, Iuiu, Malhada e Carinhanha. Até a última quarta-feira (3), 870 animais já haviam sido entregues ou resgatados e, entre as várias espécies de aves encontradas, tinham araras, papagaios, periquitos, canários-da-terra, seriemas, cardeais, pássaros-pretos, corrupiões, e um casal de quero-quero.
Aves resgatadas serão reintegradas à natureza (Foto: Divulgação/PRF)
Aves resgatadas serão reintegradas à natureza
(Foto: Divulgação/PRF)
A PRF informou que, além das aves, a operação também resgatou micos, cágados d’água, jabutis, um tatu e uma fêmea de veado que era mantida em cativeiro há dois anos.
A maior parte dos animais foi encontrada bastante machucada ou debilitada. Algumas aves tiveram além das penas cortadas, patas e asas amputadas. Todos os animais foram encaminhados para a base montada na CODEVASF, em Guanambi, onde passaram pela avaliação de veterinários e biólogos da ECO, sendo adotadas as medidas necessárias para cada caso.
Após a análise e acompanhamento dos veterinários e biólogos, alguns animais foram reintegrados à natureza e outros foram transportados no caminhão da Polícia Rodoviária Federal até o CETAS – Centro de Triagem de Animais Silvestres localizado, em Vitória da Conquista, onde permanecerão até adquirirem condições de serem reintegrados à natureza.
Fonte: G1

6 de dezembro de 2014

Faleceu aos 92 anos o Sr. Lionel Pinto Maia


Faleceu neste sábado (06/12/2014) aos 92 anos, o Sr. Lionel Pinto Maia, o segundo prefeito na história do Município de Sebastião Laranjeiras.
Nascido aos 20/09/1922, foi um dos pioneiros e responsáveis pela emancipação de Sebastião Laranjeiras.
Ele exerceu o mandato de 1967 a 1970 e sua gestão foi responsável por:
Construção da Delegacia;
Construção do local onde era a Secretaria da Saúde;
Construção de duas salas de aula abaixo da igreja católica;
Conclusão da construção do Mercado municipal;
Construção do local onde hoje é o GEFAB;
Construção de nove salas de aula na zona rural;
Construção de barragens, entre outros.
Ele foi um dos primeiros comerciantes do nosso município;
O Sr. Lionel também já foi Delegado de Polícia;
Ele se orgulha de ter deixado saldo em dinheiro nos cofres da prefeitura de NCr$ 50.240.
O Sr. Lionel também foi um dos primeiros vereadores de nosso município, na gestão de 1963 a 1967.

4 de dezembro de 2014

Ambientalistas se movimentam e alertam contra cultivo do nim indiano

Planta se mostrou incompatível com a flora e a fauna da caatinga existente no semiárido do País, dizem eles. Você concorda?

O Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc) se mobiliza contra a proliferação do plantio do nim (Azadirachta indica A. Juss) em municípios dessa região. A preocupação é no sentido de evitar a proliferação, em vista dos danos ambientais já verificados naquela região.
O cultivo da espécie e sua proliferação estão provocando prejuízos a outras espécies vegetais e até animais, uma vez que possui também propriedades repelentes
Na última semana, o Pacto enviou documento ao Ministério do Meio Ambiente, ao Governo do Estado e para pesquisadores da espécie que atuam em universidades brasileiras. O objetivo foi informar acerca do elevado aumento no plantio da espécie exótica, vinda da Índia, alegando que prejudica o bioma caatinga. Afirma que a ação agrava ainda mais o processo de desertificação no Estado. Solicita que o órgão determine pesquisa urgente sobre os efeitos da espécie no País, especialmente no semiárido brasileiro.
Iniciativa
"Tomamos a iniciativa de enviar esse documento para a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e esperamos atitudes concretas por parte do Ministério em relação a esse fato. Isso vem agravando ainda mais a situação do processo de desertificação no Estado do Ceará", explica Jorge de Moura, secretário executivo do Pacto.
No documento, o Pacto relata a preocupação com a introdução de espécies oriundas de outros países no bioma caatinga, alertando que não há controle no Estado, e que as espécies nativas da caatinga estão perdendo espaço para as árvores exóticas.
Diz ainda que ações como essa trarão grandes prejuízos ao meio ambiente e ao bioma em um futuro próximo, com base em cinco justificativas: "a espécie nim se alimenta dos microrganismos da terra, é repelente natural de proporções desastrosas para a fauna e a flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora, é abortivo natural que já ocasiona danos na região", defende o documento.
Experiências
O Pacto cita no documento exemplos de agricultores da região que tiveram experiências negativas com a espécie. Narra que o proprietário da Fazenda Veneza, no município de Tauá, plantou há quatro anos duas mudas de nim em seu pomar próximo a um cacimbão.
"Todas as árvores fruteiras do seu sítio morreram e até parece que atearam fogo, a água está contaminada. Se algum canteiro de verduras ou mesmo árvores forem regadas com essa água, a mortandade é de imediato".
Outro caso relatado é o do agricultor Luiz de Miranda, no município de Parambu, que plantou apenas duas mudas da planta e rapidamente ela se proliferou pela sua propriedade invadindo um córrego e todo o espaço do entorno.
Para o Pacto, a espécie tem potencial benéfico, desde que controlada. "Manipulada de forma correta tem inúmeros benefícios. Deveria ser restrita aos laboratórios e universidades para trabalharem seus produtos. O que não concordamos é a forma como essa árvore está sendo incorporada no bioma caatinga, de forma incontrolada", destaca Jorge Moura.
Ele lembra que, em 2011, o Parisc realizou uma audiência pública com a presença dos 12 municípios que compõem o Pacto, ocasião em que tratou sobre a questão. Mostrou aos 12 municípios integrantes que a plantação da árvore nim como arborização das cidades é um crime ambiental de graves proporções.
Plantio
Salienta que, após a audiência, alguns municípios da região seguiram as orientações e iniciaram processos e campanhas de arborização e plantios com espécies nativas.
Para o botânico e engenheiro agrônomo Antônio Sérgio Farias, a preocupação do Pacto Ambiental é muito válida. Explica que, nos últimos dois anos, é que os efeitos da espécie estão sendo percebidos no Ceará.
"O plantio do nim é relativamente novo no Ceará, em torno de 10 anos, e quem plantou agora é que sente os efeitos". Salienta o botânico que as pesquisas ainda são poucas para se saber exatamente os efeitos prejudiciais ao bioma. Porém, enfatiza o seu poder invasor e prejudicial ao ecossistema.
"Não é adequado para arborização e jamais para o reflorestamento, que tem que ser feito com plantas nativas".
Eveline Lanzillotti, bióloga que realizou pesquisas acerca da invasão de plantas exóticas quando atuava como professora da Universidade Estadual do Ceará (Uece) na região dos Inhamuns, também chancela o documento do Pacto.
"O nim assim como outras espécies (algaroba, sempreverde, entre outras) estão em quantidade excessiva na caatinga e invadem o bioma, competem com as nossas espécies e ganham. Propagam-se rápido e tem fácil poder de adaptação. Já podemos afirmar que o bioma caatinga está descaracterizado, especialmente no que se refere à flora", alerta da pesquisadora da Uece.
Segundo avalia, o documento do Pacto tem grande relevância. "Se não tomarmos providências, em curtíssimo prazo, as espécies do bioma caatinga desaparecerão", alerta a pesquisadora.
Com a sinalização dos pesquisadores da área, os ambientalistas esperam maior critério no cultivo da planta na região.
Debate
2011 foi o ano que o Parisc realizou uma audiência pública alertando sobre os efeitos do plantio da espécie para o bioma caatinga no semiárido brasileiro
Mais informações
Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc) Jorge Moura Município de Tauá (85) 8520.9939/(88) 9427.6837.

1 de dezembro de 2014

Corpo de homem é encontrado em estado avançado de decomposição em Sebastião Laranjeiras.



Um homem identificado como José Aparecido Pereira da Silva, 37 anos, residente no Distrito de Núcleo Habitacional III, município de Sebastião Laranjeiras, foi encontrado morto na manhã deste domingo (30/11) por volta de 11h30 em uma mata próximo ao referido Distrito.

De acordo com informações de familiares o mesmo desapareceu na ultima sexta-feira (28/11) quando ingeriu muita bebida alcoólica e saiu delirando, andando sem destino.

Os entes queridos fizeram varais buscas, tendo o irmão da vitima Aleci Pereira da Silva encontrado o cadáver já em estado avançado de decomposição.

14 de novembro de 2014

Homem comete suicídio em Sebastião Laranjeiras


Teófilo Teixeira Neto 52 anos, cometeu suicídio na ultima quinta-feira (13/11), no Povoado de Mato Grosso, zona rural de Sebastião Laranjeiras.
Para cometer o ato o homem utilizou uma Espingarda Cartucheira calibre 36, com a qual deflagrou um tiro na cabeça vindo a óbito no local.
De acordo com parente de Teófilo, o mesmo estaria passando por problemas familiares, naquele dia teria dito: “Hoje minha vida acabará, terminará aqui mesmo, cuidem dos meus filhos”.
O corpo foi levado para IML – Instituto Médico Legal, da cidade de Guanambi, aonde será necropsiado nesta sexta-feira (14/11), e será liberado para o sepultamento. Ele deixou 07 filhos.

31 de outubro de 2014

Prefeitura convoca mais nove aprovados no concurso público


A prefeitura de Sebastião Laranjeiras lançou no dia 30 de outubro de 2014, o quarto edital de convocação para mais nove aprovados e classificados no concurso público promovido pela mesma.

Cargo: 02 – Enfermeiro 
Magda Damacena Barros 
Ricardo Alves Porto 

Cargo: 08 – Psicólogo 
Jackeline Oliveira Santos Laranjeira 

Cargo: 15 – Motorista – Categoria B
Valdemir Paulo Pereira 
Rubsney Gomes Pereira 

Cargo: 16 – Motorista – Categoria D 
Leonidas Peres Batista 
Valmiro Alves Magalhães 
Carlos André dos Santos Pimentel 

Cargo – 18 - Auxiliar de Serviços Gerais 
Fabiana Aparecida dos Santos Barros

Os prazos e os documentos são os mesmos dos editais anteriores.

Confira AQUI as certidões que podem ser expedidas pela internet.

27 de outubro de 2014

Dilma Rousseff (PT) é reeleita presidente do Brasil


Os eleitores brasileiros exerceram mais uma vez o direito do voto para eleger o chefe do executivo nacional.
A candidata à reeleição Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores venceu em uma acirrada disputa contra Aécio Neves do PSDB.
Os números em nosso município foram os seguintes:

Turno
Dilma Rousseff (PT)
Aécio Neves (PSDB)
Brancos
Nulos
3.689 (81,01%)
563 (12,36%)
104 (2,10%)
315 (6,15%)
3.827 (81,46%)
871 (18,54)
51 (1,04%)
166 (3,38%)

O eleitorado do município de Sebastião Laranjeiras é de 6.834 eleitores. Compareceram 4.915 (71,92%) e se abstiveram de votar 1.919 (28,08%).

No estado da Bahia, Dilma Rousseff obteve 5.059.228 votos, 70,16% contra 2,151.922 (29,84%) de Aécio Neves, os votos em branco totalizaram 109.102 (1,43%) e os votos nulos totalizaram 333.948 (4,36%). O eleitorado baiano é de 10.179.643 eleitores e compareceram 7.654.200 (75,19%) e se abstiveram de votar o total de 2.525.443 (24,81%).

No geral, o eleitorado brasileiro é de 142.822.046 eleitores, compareceram 112.683.879 (78,90%) e se abstiveram 30.137.479 (21,10%). Os votos para a Candidata Dilma foi 54.501.118 (51,64%) e para Aécio 51.041.155 (48,36%).  Os votos em branco foram 1.921.819 (1,71%) e nulos 5.219.787 (4,63%).

O município onde Dilma conseguiu a vitória com maior diferença de votos foi em Belágua no Maranhão, 3558 (93,93%) contra 230 (6,07%) para Aécio.

Já Aécio conseguiu a maior diferença de votos em Miami (EUA) 7.225 (91,79%) contra 646 (8,21%) de Dilma.

No total geral, Dilma foi mais votada que Aécio em 3.525 municípios brasileiros. Aécio ganhou em 2.040 cidades.

22 de outubro de 2014

Programa Sanear Mais Bahia é lançado em Salvador


O Programa Sanear Mais Bahia, ação conjunta entre o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) foi lançado na manhã desta terça-feira (01), no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. A iniciativa, que vai beneficiar 50 municípios baianos com população inferior a 50 mil habitantes, reuniu prefeitos, deputados e demais autoridades.
O presidente do Crea-BA, engenheiro mecânico Marco Amigo, apresentou o programa e afirmou que a concretização do mesmo aconteceu a partir de um trabalho feito por muitas mãos. Lembrou que a iniciativa foi validada pelo Tribunal de Contas da União, Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa), Ministério Público, Universidade do Estado da Bahia (Uneb), entre outras instituições.
Reconheceu ainda que todo o trabalho foi fruto de uma provocação feita pelo deputado federal Erivelton Santana (PSC) e destacou a importância de os parlamentares proporem ações de tal magnitude. “É um programa ousado. O presidente da Funasa apresentou convite a todos os Creas, mas no primeiro momento apenas a Bahia, Minas Gerais e Mato Grosso Sul aceitaram o desafio”, coloca, destacando o acesso aos recursos federais como resultado esperado.
O gestor apresentou o objeto do programa, a partir do termo de compromisso 0012/2013, que é capacitar e assessorar tecnicamente os municípios na elaboração dos Planos de Saneamento e entre as justificativas da iniciativa elencou a ausência de gestores e técnicos capacitados, o baixo índice de desenvolvimento e o elevado número da população rural. “Para atender um contingente de 350 municípios, temos um total de 500 profissionais da área de saneamento, ambiental e civil.
Vale salientar que a iniciativa permitirá uma maior fixação dos profissionais nas cidades para oferecer suporte técnico, principalmente, às comunidades de baixa renda. Não adianta construir casas,  é necessário criar condições de habitabilidade”, observa.
Fortalecimento da gestão -  Amigo informou que dos 417 municípios baianos, 373 possuem população abaixo de 50 mil habitantes, 271 estão em situação de emergência e 265 possui um baixo Índice de Desenvolvimento Humano. “Nosso objetivo ao aceitar esse desafio foi fortalecer a gestão e a implementação de ações de saneamento, além de desenvolver, aplicar e validar uma proposta de metodologia que contribua para a formação de políticas públicas voltadas à área”, defende.
Para o presidente, o programa viabilizará o aumento da percepção social sobre a importância das profissões da área tecnológica, a formação de mão de obra e o fortalecimento institucional. “É a oportunidade que temos para garantir que a engenharia na sua maior expressão seja alcançada pelos baianos”, ressalta.
Critérios - O coordenador do Núcleo Intersetorial de Cooperação Técnica (NICT) da Funasa, engenheiro sanitarista Bruno Lopes de Assis, apresentou os critérios da seleção dos municípios e consórcios, divulgados na Portaria 30 da Funasa, divulgada no Diário Oficial da União no dia 16 de janeiro de 2014.
Para atender tudo o que foi proposto pelo Sanear Mais Bahia, houve uma reformulação no NICT para o acompanhamento das ações, avaliação dos objetivos, para a gestão técnica e financeira, além da supervisão do trabalho dos profissionais. “Nós da Funasa estamos comprometidos com esta ação e disponibilizaremos toda a nossa equipe, composta por 16 engenheiros e 16 técnicos de Educação e Saúde para que o programa seja um sucesso na Bahia”, enfatiza.
O presidente da Embasa, Abelardo Oliveira , reconheceu a importância do planejamento, lembrando que no passado não existiam regras para investimento em saneamento. Segundo ele, foi reivindicado do Governo Federal não só a prorrogação do prazo, mas também que se criasse condições para que as cidades pudessem formular seus planos. “É um desafio para o Crea, segundo ele, ajudar na elaboração do plano em cidades de pequeno porte. As dificuldades são históricas”, frisa. Na oportunidade, Oliveira disponibilizou a equipe técnica especializada da Embasa, além de informações necessárias para a etapa do diagnóstico.
Abelardo lembrou que o Programa Água para Todos, do Governo do Estado inspirou programa idêntico do Governo Federal, sendo que no Estado, 3,5 milhões de pessoas tiveram acesso à água tratada, além de mais de 190 obras de esgotamento, obras dificultadas principalmente pelo fato de a Bahia ser o estado com maior população rural do país.
Dificuldades - O secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado, Manuel Ribeiro Filho, representando o governador Jacques Wagner, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelo país para que tenha um saneamento de primeiro mundo. Lembrou que apenas 43% dos imóveis rurais e 55% dos urbanos têm acesso a redes de esgoto no Brasil, realidade que na Bahia fica bem abaixo, com 27,5% e 37,4% respectivamente.
“Em 364 municípios essas redes são operadas pela Embasa e que apenas em 10% deles são sistemas sustentáveis. A realidade, segundo o secretário, não pode ser modificada a curto prazo. É difícil ainda pensar na universalidade dos serviços de saneamento, sendo que na maior parte dos municípios aplica-se a tarifa social”, explica.
Manuel Ribeiro tornou público a satisfação do governo do estado com a iniciativa do programa e colocou a SEDUR a disposição para apoiar. Ribeiro também elogiou a lei 1.445 por exigir que os municípios apresentem planos próprios, que tenham a ver com suas realidades. Falou que a realidade em muitas localidades ainda é a existência de lixões para destinação dos resíduos sólidos e que os planos têm que apresentar formatos factíveis.“A elaboração dos planos vai permitir a captação de recursos e melhorar a qualidade de vida das populações”.
Bastante otimista com o programa,  a presidente da UPB, Maria Quitéria,  pediu engajamento dos prefeitos já que são grandes as dificuldades enfrentadas, principalmente nos municípios de pequeno porte. “A parceria entre o Crea e a Funasa trouxe alento para os gestores públicos que sofrem com a dificuldade de acessar recursos na área de saneamento e não dispõem de equipe técnica para elaboração dos planos”. Ainda segundo Quitéria, a expectativa é a de que o convênio seja estendido para outras cidades.         
A superintendente da Funasa, engenheira eletricista Glenda Barbosa, citou a lei 11.445 como pilar principal para os investimentos em saneamento no país. “A legislação não só traz a exigência de planejamento, como também coloca em questão a responsabilidade das prefeituras e seus gestores, garantindo um controle social. As prefeituras precisam elaborar seus planos para ter acesso aos recursos, sendo que a partir de 1° de janeiro de 2016 as prefeituras só terão acesso a recursos na área de saneamento com o plano pronto, tendo formatado também um órgão de controle”, enfoca.
A meta, segundo ela, é universalizar o saneamento básico no país, sendo que o Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) dispõe de mais de R$ 508 bilhões em recursos, mas que somente podem ser acessados mediante os planos de saneamento.

Fonte: CREA-BA 

10 de outubro de 2014

ELEIÇÕES 2014 - Como os Sebastianenses votaram para Deputado Federal


Segue abaixo a lista dos candidatos que obtiveram votos em nosso município. Os que começam com um asterístico (*) e negrito foram eleitos.

Seq.
Partido
Candidato
Votação
% Válidos
*0001
22 - PR
JOSÉ ROCHA
2.376
51,33%
*0002
25 - DEM
CLAUDIO CAJADO
572
12,36%
*0003
65 - PC do B
DANIEL ALMEIDA
376
8,12%
*0004
13 - PT
WALDENOR PEREIRA
293
6,33%
*0005
77 - SD
ARTHUR MAIA
289
6,24%
*0006
11 - PP
MÁRIO NEGROMONTE JR
56
1,21%
*0007
13 - PT
JORGE SOLLA
33
0,71%
*0008
20 - PSC
IRMÃO LAZARO
31
0,67%
40
51 - PEN
DR. ROBERIO
31
0,67%
41
40 - PSB
LATINHA
18
0,39%
42
55 - PSD
MANUELA MENEZES
18
0,39%
43
77 - SD
MARCOS MEDRADO
16
0,35%
44
44 - PRP
ABILIO SANTANA
10
0,22%
*0009
13 - PT
JOSIAS GOMES
8
0,17%
45
90 - PROS
MAURICIO TRINDADE
7
0,15%
*0010
15 - PMDB
LUCIO VIEIRA LIMA
6
0,13%
*0011
20 - PSC
ERIVELTON SANTANA
6
0,13%
*0012
10 - PRB
MÁRCIO MARINHO
6
0,13%
46
25 - DEM
RUI DANTAS
6
0,13%
47
12 - PDT
CESINHA
6
0,13%
*0013
40 - PSB
BEBETO
5
0,11%
*0014
12 - PDT
FELIX JR
5
0,11%
48
13 - PT
LUIZ ALBERTO
5
0,11%
49
43 - PV
EDIGAR MÃO BRANCA
5
0,11%
50
23 - PPS
JOCEVAL RODRIGUES
5
0,11%
*0015
25 - DEM
ALELUIA
4
0,09%
*0016
13 - PT
VALMIR ASSUNÇÃO
4
0,09%
*0017
22 - PR
JOÃO BACELAR
4
0,09%
*0018
55 - PSD
SÉRGIO BRITO
3
0,06%
*0019
25 - DEM
ELMAR
3
0,06%
*0020
10 - PRB
TIA ERON
3
0,06%
51
13 - PT
AMAURI TEIXEIRA
3
0,06%
52
15 - PMDB
JOSÉ AUGUSTO NOGUEIRA
3
0,06%
53
51 - PEN
SOLDADO JOSAFÁ RAMOS
3
0,06%
54
10 - PRB
POPÓ
3
0,06%
*0021
11 - PP
ROBERTO BRITTO
2
0,04%
*0022
45 - PSDB
JOÃO GUALBERTO
2
0,04%
*0023
11 - PP
RONALDO CARLETTO
2
0,04%
55
43 - PV
IVANILSON GOMES
2
0,04%
56
77 - SD
LUIZ ARGOLO
2
0,04%
*0024
45 - PSDB
IMBASSAHY
1
0,02%
*0025
55 - PSD
JOSÉ NUNES
1
0,02%
*0026
55 - PSD
PAULO MAGALHÃES
1
0,02%
*0027
45 - PSDB
JUTAHY MAGALHÃES
1
0,02%
57
13 - PT
EMILIANO JOSÉ
1
0,02%
58
22 - PR
TEREZA SILVA
1
0,02%
59
33 - PMN
SALDANHA
1
0,02%
60
25 - DEM
GERSON GABRIELLI
1
0,02%
61
25 - DEM
LUIZA COSTA
1
0,02%
62
13 - PT
KIKO BARREIROS
1
0,02%
63
15 - PMDB
ZÉ RAIMUNDO
1
0,02%
64
25 - DEM
MARCELO MELO
1
0,02%
65
25 - DEM
YURI NEVES PC
1
0,02%
66
50 - PSOL
PROFº UILSON
1
0,02%
67
12 - PDT
PATRICIA MORELLI
1
0,02%
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
O conteúdo deste site é disponível para cópia e divulgação só exigindo a menção da fonte. Caso contrário infringe regras e leis de direito autoral conforme a Lei 9610/1998.