9 de fevereiro de 2010

Conheça Sebastião Laranjeiras (Núcleo Habitacional III)



Núcleo Habitacional III

Para contar a história do Núcleo é necessário retroceder muitos anos atrás, pois remonta desde 1971 onde o DNOCS – Departamento Nacional de Obras Contra as Secas contratou os primeiros estudos para aproveitamento da agricultura irrigada com recursos hídricos do Rio Verde Pequeno, construindo a Barragem do Estreito.
A partir de 1975 a CODEVASF – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, assumiu a coordenação do projeto, quando definitivamente houve um avanço na implantação do perímetro, com a construção da Barragem Cova da Mandioca e a criação dos diversos segmentos que compõem o Projeto Estreito, denominados de Estreito I, II, III e IV, este último em fase inicial de assentamento dos produtores.
O fornecimento de água ao perímetro é garantido pelas duas barragens anteriormente citadas, sendo que a Barragem do Estreito possui capacidade acumulação para 76 milhões de metros cúbicos e a Cova da Mandioca para 126 milhões de m³ , totalizando 202.000.000 m³ .
Os estreitos I e II se localizam no município de Urandi (BA) e os Estreitos III e IV em Sebastião Laranjeiras.

Últimos dados disponíveis sobre o Núcleo III:
População (aproximadamente):1.068 hab.
Nº total de construções: 178 unidades.
Residências: 164 unidades
Nº de estabelecimento comerciais: 14 unidades
Escola de 1º grau: 01 unidade
PSF: 01 unidade

OBSERVAÇÃO: Esses dados já podem ter sofrido alterações devido a chegada e saída de pessoas, o aumento de plantios e conseqüentemente de produções, etc.

Um evento cultural da região promovido pela comunidade, escola e comerciantes é a Escolha do Rei e Rainha da Banana.



A festa religiosa católica local ocorre no mês de maio (Padroeira Nossa Senhora de Fátima).
Há também cavalgadas e um campo de futebol onde os habitantes praticam esportes.

Principais culturas: A fruticultura irrigada representou, em 2005, 85% de toda a área plantada, e desta as principais foram: banana 75% e manga 12%. Entre as culturas temporárias destacam-se algodão, feijão, mandioca, milho. 

Falta ainda no Núcleo III calçamento das ruas, quadra poliesportiva e médico no PSF. Por outro lado, há telefones residenciais e vários telefones públicos.

Fonte dos dados: Site do DIPE (www.dipe.com.br) e Conhecimento popular.


Comentários
2 Comentários

2 comentários :

nanda disse...

Gostei muito da matéria,vocês estão de parabéns.
È sempre bom termos conhecimento de tudo que acontece ao nosso redor.

elaine disse...

É sempre bom saber que o lugar onde cresci esta se desenvolvendo ,mesmo muito distante admiro o trabalho de quem sempre lutou por um núcleo melhor ! Grata Elaine Oliveira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
MyFreeCopyright.com Registered & Protected
O conteúdo deste site é disponível para cópia e divulgação só exigindo a menção da fonte. Caso contrário infringe regras e leis de direito autoral conforme a Lei 9610/1998.